CARREIRA DE DESIGNER GRÁFICO ESPECIALISTA EM EMBALAGENS | COMO CONSEGUIR UMA VAGA?

BS”D

Agora para a PENSA
como é estressante correr atrás
de bons clientes, e bons trabalhos.

Os melhores clientes e trabalhos correm atrás de você
com DESIGNING GROWTH.

TOPO

Neste post vou abordar duas das perguntas mais comuns que recebo de estudantes ou amantes de design gráfico. Eu atuo hoje como designer gráfico de embalagens e produtos na L’OREAL Brasil e queria dividir com vocês um pouco dos dilemas e desafios desta área.

ASSISTA TAMBÉM

1- O que é preciso para se tornar um designer Gráfico de embalagens e marcas?

2- Qual o melhor caminho para escolher uma boa faculdade de Design?

Creio que um post será pouco para abordar esse conteúdo, mas farei o possível. Me lembrem de continuar a postagem ou me mandem perguntas. Lembrando que vocês podem receber notificações assinando o canal ou me seguindo no instagram.

1- O que é preciso para se tornar um designer Gráfico de embalagens e marcas?

Recentemente escrevi um post sobre a carreira de um Designer Gráfico e as várias especialidades existentes, deixarei o link no final deste post.

Nele eu abordo as diversas especializações em que um Designer pode atuar depois de formado. O mercado é muito grande e a faculdade não prepara 100% para a atuação especialista. No post eu comparo com um médico. Os médicos podem atuar em uma especialidade, ou como clínico geral.

Com o Designer ocorre o mesmo. Existem diversos cursos para a àrea de pesquisa e inovação (UX, DESIGN THINKING), Internet (UI), impressão (produção gráfica), engenharia de embalagem e outros.

Quando falamos de embalagem, falamos também de outros seguimentos, ou especialidades como alimentícia, cosmética, farmacêutica e etc. Então não acredite que depois da faculdade você se fará ao luxo de parar de estudar.

Eu sou especializado em embalagem de cosméticos. Isso significa que eu me dedico não somente a estudar os materiais onde estas embalagens são impressas, precisei fazer curso de gerência de produtos, pesquisa, e estudar o mercado de produtos de luxo e populares. Além de me manter antenado nas movimentações da classe “D”, onde temos grande atuação e participação de mercado.

Design de marca, não de logo

Neste post englobo também marca, que disciplina fundamental para quem deseja trabalhar na elaboração de inovação de embalagem. Designer de embalagem não atua somente com inovação, mas também na administração de arquivos e aplicação da direção de arte da célula de inovação nos demais skus. Por isso é tão importante a competencia de Design de marca, que precisa de conhecimento profundo não somente de criação de Design de logo, mas em toda a pesquisa e construção do Branding.

Como Entrar Neste Seguimento!

Mas como entrar em uma área tão específica como esta? Bem você precisa ter experiência e bom portfólio. O ideal é que somado a isso você goste de UX, ou ao menos da ideia de ter contato com consumidores e pesquisa. Mesmo sem experiência real, uma pesquisa séria e um ghostFólio já mostraria seu potencial.

Projetos pessoais

Na verdade, projetos pessoais são a melhor forma de alguém demonstrar seu potencial. Do que adianta experiência e somatório de cursos ou experiência profissional se o resultado de seu portfólio não entregam resultados. Vale sempre fazer um teste prático com o designer antes da contratação. Quem me conhece sabe que eu amo teoria e não somente teoria, mas o resultado. Entretanto para grandes projetos que exigem grande exigência construção de marca e valor, quanto mais equilibrado o resultado com a teoria, melhor.

O caminho mais longo

O caminho mais longo é insistir até conseguir um estágio, mas o melhor é ter portfólio para migrar de área. Eu farei um artigo em breve sobre como melhorar o portfólio e conquistar melhores empregos e melhores clientes.

2- Qual o melhor caminho para escolher uma boa faculdade de Design?

Essa é uma das perguntas mais frequentes nos que estão descobrindo o Design. Não somente o design quanto profissão, mas sua vocação para designer.

Mas você precisa entender como o mercado enxerga, na prática, cada uma destas instituições e profissionais e depois avaliar qual o melhor pra você.

A grande indústria está abarrotada de diretores e grandes tomadores de decisão que vieram das faculdades e universidades públicas, federais e católica. Em geral, estes tem uma visão bem preconceituosa dos profissionais das universidades particulares. Isso pode ser um primeiro filtro na hora de selecionar currículos.

Conversando com uma pessoa chave na hora da tomada de decisão na contratação, descobri que além do inglês, isso pode ser levado em consideração.

Na prática, as universidades públicas renomadas tem vantagem em uma abordagem teórica e artística. Em 2018, isso ainda é uma realidade. Mas quando se trata de mercado real, muitos profissionais saem mais bem preparados das universidades particulares. Isso porque as grades curriculares estão mais voltadas para a vida prática dos designers.

Fora que muitos que já atuam no mercado e estão buscando crescimento procuram uma formação que dure o tempo proposto na grade e não têm tempo a perder com greves e paralisações ou falta de recursos didáticos.

Comportamento Americano

É bem normal esse comportamento de mercado. Muito mais comum entre os Norte Americanos o partidarismo em relação a Universidade que frequentou. Em termos de tradição, o mercado de publicidade o está bem mais diversificado. Entretanto, percebo que desde os diretores das companhias formados em públicas ou particulares, esta ligação ainda permanece forte.

O poder do Portfólio

Ainda assim, creio que o filtro hoje em dia está em focado em resultado e relacionamento. Por isso o portfólio fala mais forte quando se trata de Design Gráfico, seguido de teste prático. E o currículo é um termômetro para entender o histórico e o perfil de carreira do candidato.

Como construir um bom portfólio?

O normal é você conseguir um bom freela, o que e raro no começo da catreira. Ou um primeiro emprego trabalhando com grandes nomes do mercado. Mas isso também não é tão fácil de e contrar.

Se você realmente tem muita vontade de fazer um bom trabalho, ofereça serviço a uma ONG, ou qualquer outro trabalho social voltado a transformação social.

Caso não encontre, crie um projeto fantasma e peça a opinião, ou participação de profissionais do mercado que vocês conheçam. Se poder incluí-los na ficha técnica, melhor. Issi vai dar maior credibilidade ao seu projeto e poderá lhe ajudar a melhora-lo ou conseguir novos projetos.

Faça contato

Galera, eu estou sempre pronto a atender e abrir novas frentes de contatos. Se quiser que eu responda uma pergunta, ou ajude com alguma coisa, comente aqui em baixo. Ou entre em contato comigo pelo Instagram.

SEJA CRIATIVO, SEJA GENIAL!

Thiago Carneiro Benlev

LINKEDIN https://www.linkedin.com/in/thiagobenlev/ INSTAGRAM https://www.instagram.com/thiago.benlev/ PORTFÓLIO https://thiagobenlev.com/Porfolio/ PODCAST COMPLETO https://thiagobenlev.com/podcast BEHANCE https://www.behance.net/thiagobenl564b YOUTUBE https://www.youtube.com/channel/UC6I43kUHU9Oid8T56RQoN7A