Comunidade dos que fracassaram – Motivo para não segui-los.

BS”D

Minha dica para depois que você ler este artigo, ouça o podcast com Ricardo Bejke.

“Você escolhe a imagem da profissão que escolheu, você constrói o que as pessoas vão pensar sobre ela.”

Eu venho há muito tempo falando sobre o quanto devemos ter uma postura profissional, adulta e ética. Falo que isso ajuda não só o indivíduo a ser visto como um profissional confiável, mas também a toda uma classe. Mas a verdade é que compartilhamos e apoiamos conteúdos que não somam de maneira séria o que fazemos. São páginas de Facebook, podcasts e perfis no Instagram que até são engraçados, que falam coisas inusitadas, mas demonstram uma postura que somam humor, propagam uma cultura de ataques e apoiam a falta de estudos e falta de busca por conhecimento.

Além disso, permanecer em um ambiente onde as pessoas desistiram da carreira e estão incentivando outros a desistirem não é um ambiente propício ao crescimento. Alguns grupos do Facebook eu simplesmente abandonei, outros eu ainda permaneço por conta do trabalho dos moderadores em construir um ecossistema de boas culturas.

Eu confesso que em alguns momentos eu quase caí nessa armadilha. E vivenciei na minha vida e carreira a diferença entre estar entre pessoas que conqustaam e as que ficaram na reclamação. É como dizem, tem os que fazem e os que reclamam de não terem conseguido. E eu sugiro novamente você ouvir o podcast com Ricardo Bejke e com Ricardo Tucci.

Há profissionais que foram privilegiados por outros fatores que não o profissionalismo e talento? Sim, mas o que eles fizeram é o mesmo que mesmo os talentosos devem e deveriam fazer e não fazem. Junte-se aos melhores, compartilhe e vivencie conteúdo de valor. Sem isso não há como obter sucesso. Você escolhe a imagem da profissão que escolheu, você constrói o que as pessoas vão pensar sobre ela.

Recentemente dois potenciais clientes me disseram qur gostaram muito de meu atendimento e da organização na hora de apresentar o trabalho. Isso porque outros profissionais que estraram em contato eram desleixados e desorganizados. Vê como as coisas estão em nosso ecossistema? Percebe o quanto as coisas precisam mudar? Então mude você, imprima uma imagem melhor, mas também em um produto e atendimento melhores, mais organizados. Se você não se tornar o melhor designer do mundo não tem problema. Não precisa ser o melhor. Seja pelo menos o mais profissional possível. Mais organizado, mais claro na comunicação, procure ser o mais ético possível. A reputação de todos nós está nas mãos de todo o grupo.

Espalhe boas.práticas. se você ainda não pratica, não tem problema, continue estudando e divulgando conteúdos sérios e assim o ecossistema muda e é melhor visto por nossos clientes.

Thiago Carneiro Benlev

LINKEDIN https://www.linkedin.com/in/thiagobenlev/ INSTAGRAM https://www.instagram.com/thiago.benlev/ PORTFÓLIO https://thiagobenlev.com/Porfolio/ PODCAST COMPLETO https://thiagobenlev.com/podcast BEHANCE https://www.behance.net/thiagobenl564b YOUTUBE https://www.youtube.com/channel/UC6I43kUHU9Oid8T56RQoN7A