BOAS MARCAS VENDEM MAIS.

Elas conectam-se em 3 segundos com seu público. E isso sim, aumenta vendas.

Uma autoridade de marca não se faz com palavras, mas com resultados. Resultados esses que são melhor percebidos de forma emocional. Uma boa marca não precisa agradar a todos, mas apaixonar o seu público alvo. Sua marca conquista conexões emocionais com seu público?


Agência de Design gráfico de embalagem grid proporção áurea simetria divina e grids redesign embalagens Design Estratégico para Branding equity - Wireframe design gráfico de produto - Arquitetura da informação proporção áurea grid e diagonais para Niely Gold da L'Oreal

O que é Branding?

E como gestão de marcas pode ser mais lucrativa para minha empresa ou StartUp?

Branding é como chamamos a gestão da marca com o objetivo não somente de torna-la conhecida, mas de aumentar a reputação, conexão emocional, credibilidade e autoridade. Isso aumenta a probabilidade de vendas e aumenta os resultados de Marketing. Já que temos a tendência em confiar mais em quem ou o que mais amamos e confiamos.

Consumidores são gente, e como tal são impactados com mais força com o que pode conectar-se emocionalmente com eles. O Branding ou Brand Management, envolve ações práticas relacionadas em especial ao propósito, valores, identidade e posicionamento da marca. Sei que isso pode parecer ser filosófico demais, mas nestes anos de estudo de mercado pudemos comprovar através de pesquisas com consumidores fatores que aumentas as vendas e que são decisivos no momento da compra e no pós vendas. Aqui nesta página vamos mostrar pra vocês em detalhes.

Na prática:

como Branding pode ser lucrativo?

Quando uma agência tradicional investe em Publicidade aquela campanha tem impacto “X”. Digamos que a campanha seja extremamente criativa, então ela chega a “7X”. Na sua próxima campanha você tenha bom desempenho, mas com uma campanha não tão criativa. Então ela tem um novo impacto “4X”. O consumidor está recebendo um novo impacto. Quando a empresa investe em Branding, todas as campanhas estão vinculadas e amarradas, mesmo que independentes. E geram um acúmulo de impacto de marca. Então os “7X” somados aos “4X” se tornam “11X”. Mas imagina que uma marca não tão boa em branding invade seu território de marca e faz uma campanha igual a sua, visualmente ou na linguagem. Ela se aproveita do seu Branding? Não, ela constrói sua campanha sobre o SEU território somando a SUA marca. Na memória de longo prazo as pessoas vão se lembrar da marca que têm aquele território de marca.

Como implementar a cultura do Branding na minha organização?

Uma das perguntas que mais recebemos é:

como o Branding é usado nas empresas?

Bem, a fase mais difícil é a pré-implementação.


E ela só é a parte mais difícil pois normalmente um executivo ou gerente têm vontade de implementar e o resto da companhia ainda tem a visão tradicional de marketing e gestão. Então aí vão umas dicas muito importantes.

1. Venda com o uso de dados.
Nenhum acionista ou gestor de grande porte vai tomar uma decisão sem dados. E dados de resultados.

2. Tenha ajuda de uma autoridade no assunto.
Pode ser uma agência de Branding, ou uma consultoria especializada. Estes têm o hábito de vender implementação de Branding e poderão lhe ajudar não somente a convencer sua diretoria, mas também a implementar com sucesso os processos necessários para uma boa gestão de marca.

Você pode contar com a ajuda da Benlev Comunicação nesta estruturação. Conta com a gente.

3. Valorize os pontos fortes conquistados até hoje por sua organização.
Toda organização que sobrevive a mais de um ano têm valores que a levaram ao patamar onde está. Portanto não se deve desconsiderar o que fora construído, mas usar essa história como um trampolim para amplificar e potencializar o Branding.

4. Crie um plano de implementação gradual, com datas e prazos.
Uma mudança real e bem feita deve ser feita aos poucos. Um choque na mudança causará prejuízos. Pois foi feito um investimento em conhecimento de marca até aqui. Os próximos passos precisam aproveitar o investimento financeiro e intelectual feito até então.

5. Alinhe toda a documentação e pesquisa com os executivos e acionistas.
Um dos principais erros ao alinhar ou mudar o direcionamento de Branding é não alinhar as decisões antes de aprovar com toda a diretoria. O Planejamento é o ponto mais importante de toda a implementação.

6. Alinhe toda a comunicação e segmente os touch points com seus consumidores.
Cada seguimento tem um número quase sem fim de pontos de contatos com seus consumidores. Assuma o controle desta comunicação. Se for auditiva, visual, olfativa, tátil. Mapeie e trace uma estratégia e um planejamento para controle de cada um dos principais pontos da jornada do usuário e jornada de compra.

O que é Branding: Aprenda como implementar o gerenciamento eficaz de uma marca incrível.

De fato, há uma tendência mundial para uma migração ou equilíbrio entre gestão de Marketing e Mercado para Uma gestão de Marca PARA o consumidor. Temos falado muito sobre isso. Que Marketing está mudando e muito, mas ainda sim é um modelo bem consolidado e entre mudar o marketing e implementar o Branding, é muito mais inteligente implementar um enquanto o outro está rodando do que “jogar fora o bebe junto com a agua do banho”.

Portanto é uma realidade gerir marcas com foco em Marca e falar disso é impossível se você não tem um Designer Especialista em marca no seu time. Não adianta ter na sua equipe de Branding somente pessoas formadas em administração e Marketing. E também não funciona ter um Designer que não trabalha de forma estratégica. Se você é um gestor de Marca você vai precisar se atualizar, ou ter uma equipe com um experiente Gerente de Design e Criação com fortes veias teóricas. E isso não é fácil. Branding não é design, mas Branding perde força se não tiver fortes bases no Design e na teoria de comportamento do consumidor.

ARTISTA NÃO, IMPLEMENTADOR DE PROCESSOS DE MELHORIA

Algumas marcas simplesmente nascem do nada e varrem o mercado mundial e isso não é uma questão de sorte, mas as novas técnicas de alavancar uma marca. O fato de você estar aqui é simplesmente uma das etapas de nossa construção de Branding. Nada acontece DO NADA. Entender o que funciona e o que não funciona no cérebro humano é uma das formas mais eficazes de amplificar seus resultados e é justamente por isso que estamos sempre implementando e testando novos métodos científicos para aferir a eficácia de nossas campanhas e produtos, bem como de amplificar nossos resultados. Neuro-Branding não é uma questão inspiração, é uma questão de implementação de métodos científicos. Gostamos da frase “O que não pode ser medido, não pode ser melhorado”.

O Porque Branding é tão importante?

Embora exista insegurança por parte de algumas agências em dizer, dados de mercado mostram que Branding aumenta a credibilidade da marca. Gestão é sim a parte mais importante e fazer marketing e publicidade sem uma gestão tática e estratégica pensando num todo é impossível ter sucesso. Uma empresa sem gestão de marca é como um time de futebol sem técnico. Marketing Digital sem Branding é o mesmo que uma sala de aula sem professor.

O branding é importante para não somente para unir stakeholders, acionistas colaboradores e clientes em um mesmo ambiente de sonho e propósito, mas para pavimentar o caminho por onde passa tudo o que pensam sobre sua marca. Você não pode contraolar o que as pessoas falam da sua marca, mas pode gerar subsidios para aumentar a empatia, pode abrir diálogos para mudar uma opinião contrária e pode se envolver em que é importante para sua marca e seu consumidor. Isso sim, vai gerar um novo caminho, ou melhorar o caminho da comunicação da sua marca.

O que faz um profissional de Branding?

O que faz um branding bem feito?

Fazer branding é focar no seu propósito de marca. É encontrar o maior potencial de envolvimento da sua marca e aumentar o vínculo emocional de pessoas que têm os mesmos valores e propósito de marca. Isso gera um poder de marca gigantesco. Everett Rogers em seu estudo do comportamento humano, comprovou que a curva de adoção de Inovação mostra um comportamento forte dos que se adeptam a inovação. Estes são ávidos ao novo e é obvio que estes sempre vão procurar todas as novidades do que mais gera conexão com eles.

Quando você gera maior conexão com esses empolgados e ávidos por novidades eles vão se envolver ainda mais com sua marca gerando um poder muito maior de compartilhamento e compartilhamento é tudo na era do Marketing Digital e do Engajamento. Quando sua marca assume uma identidade ela ganha personalidade e as conexões emocionais com clientes e consumidores ficam ainda mais fortes.

Como trabalhar o Branding da sua marca?

Existem muitas práticas que compõe o gerenciamento de marca, mas segue algumas dicas para vocês colocarem em prática.

1. Alinhe o propósito de marca
2. Encontre o diferencial da marca
3. Faça um estudo profundo sobre seu público
4. Crie Proto Personas e entrevista pessoas reais
5. Estabeleça o tom de voz de sua marca
6. Desenvolva uma identidade quer visual, auditiva ou olfativa
7. Tenha uma causa para abraçar.

Leia mais no artigo sobre implementação de Branding . Clique aqui.

Olha que texto incrível sobre Branding

Branding das grandes marcas

O segredo das grandes marcas como Coca-Cola, NuBank, Itaúe Nike é cercar seus consumidores de códigos emocionais, visuais e conceituais que tenham grande vínculo emocional. Entretanto não basta criar um slogan. Slogan faz parte também da comunicação do antigo modo de fazer Marketing.

Portanto, quando uma marca como Coca-Cola adiciona “Felicidade” em seu Slogan ela faz para alinhar ao seu propósito. E a tomada de decisão é feita em cima de DATA, ou dados. Para saber mais sobre isso, leia aqui.

Sendo assim, abra a FELICIDADE Coca-Cola não somente reforça uma emoção, mas uma que tenha coerência com a imagem visual, auditiva e conceitual de marca. Além disso, o Marketing Digital corrobora e gera dados para aferir, mensurar e garantir que a imagem de marca mantenha-se saldável.

Foco em propósito é não enjoar de seu slogan, pois ele faz parte do seu DNA. Ou você enjoa da frase “Just Do It”?

Mas Branding pode estar também no ambiente ou nas cores de uma campanha, como NuBank e Itaú. Ou mesmo na escolha de um perfuma da sua rede de lojas. Lembrando que um dos gatilhos emocionais mais poderosos em termo de memoria afetiva de longo prazo é o cheiro. Com certeza você se lembra do cheio de chuva, ou do cheiro do bolo da sua avó, ou do perfume de um antigo amor. Quer ler mais sobre isso? receba gratuitamente nossos artigos, cursos, palestras ou mesmo livros gratuitos.

Junte-se a 315 outros assinantes

Branding para micro e pequenas empresas e empreendedores.

Micro e pequenas empresas podem e devem investir em Branding?

As micro e pequenas empresas têm recursos financeiros limitados e precisam aproveitar a potência de cada ação de Marketing e por isso mesmo que precisa de uma ação “Cirúrgica” a massiva. Não somente de Branding, mas de Marketing Digital.

O princípio mais básico do Branding é alinhar sua marca ao seu propósito. E isso potencializa o envolvimento com clientes que partilham da mesma visão. Isso gera mais compartilhamento e boca-a-boca.

Além de muitos outros benefícios como listados acima.

O que é marca?

O que eu preciso saber antes de encomendar e escolher uma?

Uma marca é bem mais do que um logotipo, logomarca, um nome, tipografia ou identidade visual. Ela é um conjunto de códigos emocionais, visuais, olfativos e experiências. A expressão viva da experiência guiada ou não vivida por seus clientes, usuários ou stakeholders.

O que é e como criar uma plataforma de marca?

Uma plataforma de marca deve ser construída em sua base. Ela deve ser planejada de forma minuciosa. Deve conter o propósito, a história e a alma da marca. Uma plataforma de marca é construída com um conjunto de elementos únicos que compões a comunicação de sua marca. Ela gera maior personalidade e aumenta a força que ela tem em fixar-se nas memórias de longo prazo de seus consumidores. Quanto maior a personalidade e originalidade, maior a conexão e desejo de compra.

O que é Propósito de marca?

Enquanto missão é um objetivo, um propósito é uma razão pela qual e para quem aquela marca existe.

O propósito sempre tem um para quem em foco. O propósito só existe para conectar a razão de ser aos que são a razão de ser da marca. Ou seja, se não tiver para quem a marca existe ela perde seu propósito.

O que é promessa de marca?

Uma promessa de marca é como um manifesto resumido. É um comprometimento e posicionamento sobre o que a marca faz, e fará na prática para que seu propósito se torne realidade.

Enquanto o Propósito é o DNA do que será feito para as pessoas, a promessa de marca pavimenta o caminho e se compromete de forma interna e pública para com a sociedade e sua base de fans.

Onde encontrar UM BOM DESIGNER de marcas?

A maior parte das pessoas não sabem como avaliar um bom Designer de Marcas, afinal de contas, para leigos a marca precisa ser bonita. Mas e se ela for bonita e não vender?

Mas marca vai muito além de logotipo e design, marca é propósito.
Então segue a principal dica antes de contratar um Designer de marcas, verifique se ele ou ela dominam o assunto gestão de marcas. Depois, peça para ver os últimos trabalhos. E por ultimo faça uma pesquisa para aferir a confiabilidade e valor destas marcas. Se precisar de ajuda para faze-lo entre em contato com nossos especialistas. Vamos ajudar você ao máximo.

Neste site você pode encontrar as melhores soluções para seu projeto, startup, embalagem, info produto ou marca pessoal. Entre em contato. Nossos especialistas, consultores ou freelancers podem ajudar você. Vem bater um papo com a gente.

Quanto custa pra criar uma marca, logotipo, ou identidade visual?

O logotipo é só uma pequena parte do projeto de desenvolvimento de marca. E se bem feito pode custar em média R$ 140,00. Entretanto, vale a pena resaltar que nossa empresa só pega um projeto de marca que englobe as possobilidades de comunicação dela. Ou seja, todo o planejamento de marca e comunicação de identidade visual. Isso mesmo, quando você contrata um serviço de consultoria de marca você leva não somente a marca, mas a identidade visual, cartão de visitas digital e virtual, motion design, animação, sons da marca e tudo o que ela engloba. Por esse motivo o logotipo é apenas uma parte do tanto de serviços prestados de marca. Quando o cliente faz aos poucos, sem planejamento o barato com certeza sai caro e nós não poderiamos ser irresponsáveis de pegar um projeto apenas com uma parte, mas sim gerar uma experiência de longo prazo da marca.

Equipe Benlev Comunicação

Se você deseja saber mais sobre nossa equipe, método e trabalho

Mais soBranding, Gestão de Marcasbre nós

Fale conosco

thiago.benlev@gmail.com +55 (21) 96555-8871

Outros meios de contatoCONTATO

Faça uma visita

Rua Rio de Janeiro – Rj,
Brasil

Mapas e direções

Qual a agência no Rio de janeiro e baixada fluminense que faça design de marca e branding? Benlev comunicação.